quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Uso de Risperdal e Ginecomastia - Ações Judiciais contra a J&J


Um alto executivo da Johnson & Johnson deve ser forçado a testemunhar sobre alegações de que a empresa comercializava ilegalmente o antipsicótico Risperdal (Risperidona), que comprovadamente causa ginecomastia em meninos (crescimento dos seios), disseram os advogados de um adolescente que moveu uma ação judicial contra a compania farmacêutica.

O executivo-chefe da J&J Alex Gorsky, cordenava a unidade responsável pela fabricação e venda de Risperdal e tinha conhecimento íntimo dos esforços ilegais de marketing da empresa na segmentação de médicos que tratam jovens e adolecentes, disseram os advogados de um rapaz de 15 anos do Texas, em uma sessão no tribunal estadual da Filadélfia. Os advogados da J&J afirmam Gorsky esta fora do país.

"Não há dúvida de que o Sr. Gorsky tinha envolvimento significativo, direto e importante para a conduta que deu origem a este litígio", afirmaram em comunicado os advogados Steve Sheller e Brian McCormick.
 
A ação é só uma das mais de 400 nos EUA contra a J&J alegando danos pessoais causados ​​pelo Risperdal.

Fonte:http://www.bloomberg.com/news/2012-09-18/j-j-ceo-should-be-forced-to-testify-teen-s-lawyers-say.html?
Postar um comentário