sexta-feira, 3 de junho de 2011

Faculdade de Medicina de Stanford impõe punição disciplinar para combater promoção de medicamentos.


    A escola de medicina da Universidade de Stanford da punição disciplinar a cinco membros da faculdade por darem palestras pagas e de cunho promocional em nome de empresas farmacêuticas, em violação da política campus.

    Funcionários de Stanford
dizem que a ação disciplinar afeta a remuneração dos docentes e sua posição dentro da escola médica, mas não forneceu mais detalhes.

     O San Jose Mercury News relata que em dezembro um relatório de investigação do grupo ProPublica descobriu que Stanford e vários outros hospitais de ensino não foram capazes de impor suas próprias regras de conflitos de interesse.
Postar um comentário